Última atualização:

Nem sempre navegar é preciso

Categorias Sem categoria

Você já deve ter ouvido a frase navegar é preciso. Há muitas chances de ter repetido por aí como um incentivo. Para se apoiar, para seguir em frente, para se esforçar mais. Para ir além.

Criado por Fernando Pessoa, a frase inicial do poema é: Navegar é preciso; viver não é preciso.

A segunda parte é menos conhecida, mas talvez seja ainda mais atual. Uma grande necessidade de trocar a vida pelo trabalho, prazer pela obrigação. Nos vemos, diariamente, matando parte de nossos dias em função de um serviço, um trabalho, um cargo. Navegar e não viver.

 

Dizemos não

Dizemos “não” todos os dias. Para nós, para nosso tempo, para quem está a nossa volta. Dizemos “daqui a pouco” para a família e “outra hora” para os amigos.

Estamos focados no futuro. Focados no crescimento profissional. Focados em absorver informações. Focados em aprender e aplicar o que é melhor para a carreira.

E focados em outras coisas, dizemos não a quase tudo que aparece. Já não temos tempo e nem dormimos para não perder o tempo.

 

Navegar é preciso; parar também é

Sem querer ser audaciosa demais e mudar um dos poemas mais famosos do Fernando Pessoa, mas tão necessário quanto navegar, quanto seguir, é parar. É respirar. É descansar.

Pessoa não estava errado. Em sete palavras ele descreve qualquer empreendedor hoje em dia.

Mas não podemos esquecer que parar também faz parte da jornada. Que o tempo corre e por isso devemos saber a hora de diminuir o ritmo. Quando é necessário esvaziar para voltar a encher.

 

Não são passos para trás

Adoramos Inteligência Artificial e IoT (Internet das Coisas), mas ainda não conseguimos seguir o ritmo de máquinas. Não absorvemos informações do mesmo jeito. Então, não precisamos cair em desespero por não conseguir produzir como elas.

Desistir não deve ser uma opção. E não parar também não deve ser.

Tomar um tempo para si mesmo, um tempo para o ócio, para olhar a janela, pisar na terra ou areia, não são passos para trás. Não são falhas e nem luxos.

Descansar faz parte do crescimento. É o que cria força e traz novas ideias.

 

Viver é sim preciso

Viver é preciso. É necessário. Devemos descer do barco e deixar sanar as dores musculares e qualquer outra dor que aparecer.

Olhar para o mundo e descobrir sobre ele é o primeiro passo para o empreendedor encontrar sua causa e no que se dedicar. Fazer pausas podem ajuda-lo a encontrar novos caminhos, rumos, ideias e soluções.

Navegar é preciso

Por um dia, deixe de navegar

Quem ama seu negócio, quem quer ter lucro, fazer crescer e ir além acha que deixar de navegar, por um segundo que seja, é falhar. É não fazer o suficiente, é falta de dedicação.

Dedicação não pode ser cega. Não pode ser vaga e não pode ser uma obrigação. A dedicação deve ser bem utilizada, deve ser inteligente. Deve acompanhar o conhecimento próprio.

Ir além do limite, faltar com respeito, não conseguir se controlar são sinais clássicos que o que você sente já não é dedicação. É cansaço.

Perder um dia não é um dia perdido

Por um dia, tome a liberdade de descansar. Desligue o computador e o celular. Ao invés de trabalhar ou estudar, só relaxe. Não faça conta, não crie métricas.

Perder um dia, parar por um dia, não é um dia perdido. Mas não fazer isso, é perder para si mesmo. Você não será um empreendedor ruim por usar um fim de semana ou feriado para renovar suas ideias e forças.

 

Navegar é preciso; viver também é

A continuação do poema diz que “viver não é necessário; o que é necessário é criar”. E o que se cria sem vida, sem vivência, sem experiência? Criação e desenvolvimento, abertura e crescimento são tão relativas quanto navegar e viver.

É necessário encontrar o equilíbrio entre as duas ações. Não podemos viver sem norte, da mesma maneira que não podemos seguir apenas navegando.

Conhecimento é um compilado de todas as experiências, de todos os tipos, de todas as horas. Conhecimento é ação e pausa. É correr e parar.

Conhecimento é nem sempre navegar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *